Iniciativa da UTAD e da FCM, realiza-se em parceria com especialistas internacionais em inovação.

A carregar Eventos

A Mini-Escola de Inovação, dirigida por Alfons Cornella e Ragnar Siil, toma o modelo da pirâmide de valor para deter um olhar sobre a inovação na Região do Douro e questionar as perceções tradicionais que condicionam a narrativa padrão que sobre ela desenvolvemos ao longo dos tempos. Os participantes, empreendedores e todas as pessoas interessadas em construir o futuro da Região, podem ser descritos como mentes inquietas, indivíduos que questionam a forma atual de “vender” os ativos do Douro. Espera-se que os participantes sejam agentes ativos da Escola, atuando como observadores, procurando exemplos de cidades e/ou territórios ao redor do mundo que tenham feito uma análise/avaliação dos seus ativos, segundo a perspetiva dos diferentes agentes envolvidos. O resultado da Mini-Escola é um conjunto de “pirâmides de valor” da Região do Douro, elaborado pelos participantes: quatro pirâmides principais dos valores da Região segundo a perspetiva de cada um dos quatro principais stakeholders: os seus cidadãos, os turistas, as empresas locais e os potenciais investidores externos. Essas diferentes pirâmides são depois agregadas, originando uma pirâmide “total” dos elementos de valor da Região.

Para descarregar o cartaz, clique aqui.

Formulário de inscrição, aqui.

Texto recomendado:

The Elements of Value, by Eric Almquist, John Senior and Nicolas Bloch.


PROGRAMA

12 JULHO | RÉGIA DOURO PARK

14:30  – RECEPÇÃO DOS PARCIPANTES NA MINI-ESCOLA

14:45 – 16:45 | CONFERÊNCIA “O que Aprendemos sobre Inovação” por Alfons Cornella

O que aprendemos sobre inovação (os ‘porquê, quem, quando, como e quanto’ da inovação), com base em exemplos de estratégias de inovação de diferentes empresas em todo o mundo.

17:00 – 18:00 | Apresentação de projetos de inovação Lab2business.

13 JULHO – CASA DE MATEUS

09:30 – 11:00 | SESSÃO I | RAGNAR SIIL – CASA DE MATEUS

A noção de Região Criativa: o potencial de inovação que a cultura e a criatividade podem trazer às regiões, e como contribuem para alimentar processos inovadores e integrar os diferentes sectores.

11:30 – 13:00 | SESSÃO II

Introdução ao modelo da Pirâmide de Valor, seguida de discussão.

14:30 – 17:30 | EXERCÍCIO DE GRUPO

O mapa de ativos do Território do Douro baseado nos Elementos do Modelo de Valor de Bain.

18:00 – 19:00 | APRESENTAÇÃO

Resultados dos grupos de trabalho.

14 JULHO – CASA DE MATEUS

09:30 – 13:00 | SESSÃO III

O Mercado /mapa de ativos do Território.

14:30 – 17:00 | CONCLUSÕES

A versão final da Pirâmide de Valor da Região do Douro.


PROGRAMA

ENTIDADES FINANCIADORAS

Please follow and like us:
0